Tropas dos EUA são alvo de drones na Síria, dizem autoridades

19 Out (Reuters) – Forças dos EUA na Síria abateram dois drones que os atacavam, causando alguns ferimentos leves, disseram autoridades norte-americanas nesta quinta-feira, enquanto as tensões regionais aumentam enquanto Israel e Washington permanecem em alerta máximo para atividades de grupos pró-Irã. – Guerra do Hamas.

As autoridades, falando sob condição de anonimato, disseram que o ataque de quarta-feira foi contra as forças dos EUA na base de al-Tanf, perto das fronteiras da Síria com o Iraque e a Jordânia.

As autoridades não disseram quem foi o responsável pelo ataque.

A TV Al Mayadeen, do Líbano, afiliada ao Irã, informou na quinta-feira que duas bases militares dos EUA na Síria foram atacadas.

Al Mayadeen relatou um ataque de drones à base de al-Tanf e um ataque de mísseis a uma base de Conoco na zona rural da região norte de Deir al-Zor. Nenhuma informação adicional foi divulgada.

As forças militares dos EUA no Iraque foram alvo de dois ataques separados de drones na quarta-feira e, embora os militares dos EUA tenham conseguido interceptar o drone armado, um pequeno número de soldados sofreu ferimentos leves.

Os Estados Unidos têm 2.500 soldados no Iraque e outros 900 na vizinha Síria, encarregados de aconselhar e ajudar as forças locais na luta contra o Estado Islâmico, que tomou território em ambos os países em 2014.

Reportagem de Idrees Ali e Tala Ramadan; Edição de Gareth Jones e Jonathan Otis

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Obtenha direitos de licenciamentoAbre uma nova aba
READ  O senador Ben Cardin não tentará a reeleição em Maryland

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *