Noor Jehan: elefante cai morto no zoológico de Karachi

Noor Jehan, um elefante ameaçado de extinção de 17 anos, morreu no zoológico de Karachi, no Paquistão, e a instituição de caridade de bem-estar animal que o tratava pediu que o zoológico fosse fechado.

O elefante já sofria de doenças graves caiu em um lago na semana passadaFour Feet disse em um comunicado.

Nas últimas semanas, a saúde do elefante piorou a ponto de ele não conseguir mais se levantar.

“Ela ficou deitada no chão por um longo tempo – uma situação de risco de vida para os elefantes”, disse a equipe.

“Apesar de todos os nossos esforços incansáveis ​​e do trabalho interminável da equipe no local, não conseguimos recuperá-la. Ela lutou por dias, mas sucumbiu em estado crítico”, acrescentou.

Os veterinários disseram que o elefante sofria de uma doença hemorrágica maciça.

Grupos de animais dizem que os elefantes em cativeiro geralmente morrem quando atingem os 40 anos de idade, uma expectativa de vida significativamente menor do que aqueles que vivem na natureza.

O Four Paws pediu que o outro elefante do zoológico, Madhubala, fosse transferido “para um local mais favorável às espécies o mais rápido possível para evitar outra possível tragédia”.

“Esperamos que as autoridades do Paquistão tomem o trágico destino de Noor Jehan como um exemplo e façam melhor pelos animais selvagens cativos no país no futuro. Noor Jehan representa muitos outros animais selvagens”, disse o grupo.

“Congratulamo-nos com a consideração do governo central e de Sindh sobre o fechamento permanente do zoológico de Karachi. Isso seria um avanço para o bem-estar dos animais selvagens cativos no Paquistão”, continuou o comunicado.

O diretor do zoológico de Karachi, Khalid Hashmi, foi afastado do cargo em 8 de abril após alegações de negligência, informou a Reuters.

READ  Arina Sabalenka derrotou Zheng Qinwen para vencer o Aberto da Austrália pela segunda vez

Seu sucessor, Kanwar Ayub, disse na semana seguinte à visita de Four Paw que não tinha certeza se as reclamações eram verdadeiras.

“No entanto, não houve negligência nos três dias em que fui nomeado, garantido”, disse ele na sexta-feira, observando que pode haver negligência ao longo do tempo.

Noor Jehan foi trazida da Tanzânia para o Paquistão há mais de uma década, informou a Reuters.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *