Cingapura prende 10 estrangeiros e apreende US$ 1 bilhão em investigação de lavagem de dinheiro

CINGAPURA, 16 Ago (Reuters) – A polícia de Cingapura prendeu 10 estrangeiros por lavagem de dinheiro e falsificação em um caso envolvendo cerca de S$ 1 bilhão (US$ 737 milhões) em dinheiro, propriedades, carros de luxo e outros ativos.

A polícia realizou batidas simultâneas em toda a cidade-estado na terça-feira para prender os suspeitos, disse o comunicado na quarta-feira.

Foram emitidas liminares contra 94 propriedades e 50 veículos, com um valor total de mais de S$ 815 milhões.

Foram apreendidos alguns documentos contendo informações sobre contas bancárias, dinheiro em espécie, bolsas de luxo, joias, relógios, aparelhos eletrônicos e bens virtuais.

A polícia de Cingapura disse que os estrangeiros tinham entre 31 e 44 anos e suas nacionalidades incluíam chinês, turco, cipriota, cambojano e Ni-Vanuatu.

Em uma declaração separada, o banco central de Cingapura disse que estava “em contato com instituições financeiras (FIs) onde fundos contaminados foram identificados. Os compromissos de monitoramento com essas IFs estão em andamento”, sem nomear as IFs.

(US$ 1 = 1,3572 dólares de Singapura)

Relatado por Chen Lin em Cingapura; Edição por Alison Williams

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Obter direitos de licençaAbre uma nova guia
READ  Ônibus de imigrantes descarregaram nas estações de trem de NJ para evitar ordem de Nova York

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *