NOTÍCIA

Presidente do Uruguai é considerado o mais pobre do mundo

Presidente do Uruguai é considerado o mais pobre do mundo 07 Junho 2012 por: Redação Horizonte MS

De acordo com jornal El Mundo, na última terça (6), o presidente uruguaio José Pepe Mujica foi considerado o presidente mais pobre do mundo, mas não devido ao baixo salário ou condições precárias de infraestrutura e sim por seu estilo de vida simples que inclui a doação de 90% de seu salário a pequenas empresas e ONGs do país.

Pepe Mujica (como é mais conhecido), é casado com a senadora Lucía Topolansky que também segue a filosofia do marido e doa maior parte de seu salário. Ambos vivem em um sítio, numa área de classe média próxima a Montevidéu. Mesmo ocupando o mais alto cargo do país, Pepe ainda se dedica ao cultivo de flores e hortaliças. Além desta propriedade, o presidente tem como bem material um fusca azul, avaliado em torno de mil dólares.

Ainda em entrevista ao jornal espanhol, sobre o valor dos 10% que recebe como salário presidencial para viver, Mujica reafirmou que a quantia “tem que bastar porque há outros uruguaios que vivem com menos”. De tudo que tem direito como presidente, usa apenas o serviço de segurança de alguns homens em sua propriedade e um carro oficial utilizado em eventos.  

Este não é o primeiro bom exemplo que parte do presidente uruguaio. Em maio, Mujica ofereceu sua residência presidencial e outro prédio do governo para moradores de rua se abrigarem no período de inverno e em 2011, o presidente assinou a venda de uma casa de veraneio presidencial e utilizou os fundos para o projeto de moradias populares.

Se for marketing, ou não, para se tornar querido pelo público, não se sabe, uma vez que o próprio já declarou que espera cumprir logo seu mandato. Antes de presidente, Mujica militou na guerrilha contra a ditadura no período da juventude e em cargos políticos foi deputado e ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca.
 

 

Mais sobre o presidente Mujica



José Alberto Mujica Cordano, nasceu em 20 de maio de 1934 em Montividéu. Mais conhecido como "Pepe", se casou em 2005 com a senadora Lucía Topolansky. Seu primeiro voto foi para o Partido Socialista e na juventude militou ao lado de Enrique Erro, em um agrupamento de Partido Nacional. Dedicou parte de sua vida a atividade clandestina, como membro do Movimento de Libertação Nacional (Tupamaros), entre os anos 60 e 70. Por esse motivo ficou preso durante 14 anos.

Em 1985, já em liberdade, retornou a democracia e foi beneficiado por uma anistia política. Alguns anos após a abertura democrática no partido Movimento de Participação Popular (MLN), Mujica foi eleito senador e atuou  entre 1994 a 1998. Nas eleições de 2004, Pepe foi reeleito com a maior quantidade de votos (300.000), função que renunciou ao ser designado ministro.

No dia 1 de março de 2005, foi designado pelo presidente da República, Tabaré Vázquez, para exercer o cargo de ministro da Pecuária,  Agricultura e Pesca. No dia 3 de março abandona o ministério e retorna ao senado, sendo mais tarde eleito presidente do Uruguai.

José Pepe Mujica, nasceu no 20 de maio de 1934 em Montividéu, no Uruguai. Passou 14 anos preso e foi solto apenas no fim da ditadura em seu país. Casado com Lucía Topolansky, que também militou ao seu lado durante a ditadura, Pepe é considerado hoje, um presidente do povo.
 

 

 

Confira abaixo a entrevista de Pepe Mujica na CNN em abril desse ano

VEJA TAMBÉM

ENQUETE

Michel Temer presidente: com uma série de propostas impopulares para resolver, Temer vai conter a crise econômica?
sim
nao