NOTÍCIA

Academia Sul-Mato-Grossense de Letras elege novo presidente, Henrique de Medeiros

Academia Sul-Mato-Grossense de Letras elege novo presidente, Henrique de Medeiros 08 Outubro 2017 por:

Cristiana Carneiro/Foto: Regina Aoki

 

 

 

 

 

A ASL – Academia Sul-Mato-Grossense de Letras – elegeu neste sábado (07/10), para sua presidência no triênio 2017-2020, o escritor, publicitário e jornalista Henrique Alberto de Medeiros Filho, que ocupa a cadeira nº 10 da instituição, com a poeta e professora Raquel Naveira como vice. Uma das casas culturais mais importantes do Estado de Mato Grosso do Sul, a ASL inaugurou recentemente sua nova e moderna sede em Campo Grande, nos Altos do São Francisco.
 
Com 40 Cadeiras, aos moldes da ABL – Academia Brasileira de Letras -, a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras mantém ao longo da sua existência a defesa da língua portuguesa e o cultivo da arte literária, zelando e incentivando todas as derivações da cultura nacional e estadual. A Academia tem programas literoculturais importantes, como o “Concurso de Contos Ulisses Serra” e o “Concurso de Poesias Oliva Enciso”. Mantém ainda o “Chá Acadêmico” - apresentando palestras de interesse da sociedade -, o “Suplemento Cultural” - caderno literário mais antigo de forma ininterrupta no país - e a “Revista da ASL”, dentre outros.
 
A nova diretoria da ASL, além do seu presidente Henrique de Medeiros e vice Raquel Naveira, tem na composição o poeta Rubenio Marcelo como secretário-geral; o escritor J. P. Frazão como secretário; a poeta Elizabeth Fonseca como 1ª Tesoureira; e o escritor e historiador Valmir Batista Correa como 2º Tesoureiro. Referência cultural de Mato Grosso do Sul, a ASL atende aos que buscam seus serviços e orientações, além da biblioteca e obras. Fundada em 1971, como Academia de Letras e História de Campo Grande, essa denominação predominou até dezembro de 1978, quando em assembleia geral às vésperas da instalação da nova unidade da Federação (MS) - em 1979 -, a instituição foi transformada em Academia Sul-Mato-Grossense de Letras. 
 
Atualmente com duas cadeiras vagas – a cadeira 1, vaga por Manoel de Barros e a 31, vaga por Hildebrando Campestrini -, a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras tem entre seus acadêmicos, além dos citados na diretoria, Abílio Leite de Barros; Abrão Razuk; Altevir Soares Alencar; Américo Ferreira Calheiros; Antonio João Hugo Rodrigues; Augusto César Proença; Emmanuel Marinho; Francisco Albuquerque Palhano; Francisco Leal de Queiroz; Geraldo Ramon Pereira; Guimarães Rocha; Hermano de Melo; Ileides Muller; José Couto Vieira Pontes; Lélia Rita de Figueiredo Ribeiro; Lucilene Machado; Maria Adélia Menegazzo; Marisa Serrano; Orlando Antunes Batista; Paulo Corrêa de Oliveira; Paulo Sérgio Nolasco dos Santos; Paulo Tadeu Haendchen; Pe. Afonso de Castro; Reginaldo Alves de Araújo; Rêmolo Letteriello; Renato Toniasso; Samuel Xavier Medeiros; Theresa Hilcar; Valmir Batista Corrêa e Wilson Barbosa Martins.  Oswaldo Almeida e Pedro Chaves concorreram recentemente e foram eleitos para cadeiras que estavam vagas (respectivamente cadeiras 3 e 19) e aguardam solenidades de posse.
 
 
Fonte: Secretaria-Geral ASL
 

VEJA TAMBÉM

ENQUETE

Michel Temer presidente: com uma série de propostas impopulares para resolver, Temer vai conter a crise econômica?
sim
nao