NOTÍCIA

7 de Setembro - Dia da Independência do Brasil

7 de Setembro - Dia da Independência do Brasil 07 Setembro 2012 por:

Redação Horizonte MS



No Brasil, todo mundo sabe que 7 de setembro é feriado. Mas será que as pessoas conhecem o porquê das comemorações nesta data, qual a importância para os brasileiros e o qual a história cultural contada neste período? Atualmente, é comum conhecer pessoas que não sabem a letra do Hino Nacional Brasileiro completo. E mais: a maioria não sabe cantar o hino da Pátria Amada corretamente - do começo ao fim.  

É claro que a maioria sabe que a data revela a independência, em vários sentidos, do nosso País, que antes era comandado por Portugal. Por outro lado, algumas pessoas dizem que não lembram ou preferem não comentar sobre o assunto. Sendo assim, os professores devem  incentivar seus alunos a buscarem mais conhecimentos sobre os momentos históricos do Brasil. O Horizonte MS deixa um pequeno resumo sobre o sentido verdadeiro da data.

A Independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política. Muitas tentativas anteriores ocorreram e muitas pessoas morreram na luta por este ideal. Como exemplo, podemos citar o caso mais conhecido, ocorrido com Tiradentes. Foi executado pela coroa portuguesa por defender a liberdade de nosso país, durante o processo da Inconfidência Mineira.

Dia do Fico

Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro I recebeu uma carta das cortes de Lisboa, exigindo seu retorno para Portugal. Há tempos os portugueses insistiam nesta ideia, pois pretendiam recolonizar o Brasil e a presença de D. Pedro impedia este ideal. Porém, D. Pedro respondeu negativamente aos chamados de Portugal e proclamou : "Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico."

O processo de independência

Após o Dia do Fico, D. Pedro tomou uma série de medidas que desagradaram a metrópole, pois preparavam caminho para a independência do Brasil. Assim, D. Pedro convocou uma Assembleia Constituinte, organizou a Marinha de Guerra, obrigou as tropas de Portugal a voltarem para o reino. Determinou ainda, que nenhuma lei de Portugal seria colocada em vigor sem o " cumpra-se ", ou seja, sem a sua aprovação. Á partir daí,  o futuro imperador do Brasil, conclamava o povo a lutar pela independência.

O príncipe fez uma rápida viagem à Minas Gerais e a São Paulo para acalmar setores da sociedade que estavam preocupados com os últimos acontecimento, pois acreditavam que tudo isto poderia ocasionar uma desestabilização social. Durante a viagem, D. Pedro recebeu uma nova carta de Portugal que anulava a Assembleia Constituinte e exigia a volta imediata dele para a metrópole.

As notícias chegaram as mãos de D. Pedro quando ele estava em viagem de Santos para São Paulo. Próximo ao riacho do Ipiranga, levantou a espada e gritou: " Independência ou Morte !". Este fato ocorreu no dia 7 de setembro de 1822 e marcou a Independência do Brasil. Em  dezembro do mesmo ano, D. Pedro foi declarado imperador do Brasil.

Sagrado

O hino nacional foi um dos símbolos usados na formação da identidade brasileira. Sua parte musical já existia e era tocada, por exemplo, durante a Guerra do Paraguai (1864-1870) para motivar os cerca de 80 mil combatentes brasileiros que participaram da campanha. A música composta entre 1822 e 1823 por Francisco Manuel da Silva chamava-se “Marcha Triunfal” e celebrava a Independência do país. Antes de chegar à versão atual, ele teve duas letras diferentes durante o Império.

De lá até o período da ditadura militar (1964-1985), o hino foi, ou por conta de um genuíno sentimento nacionalista ou em função da imposição oficial, tratado como algo “sagrado” e saber sua letra e como se portar durante sua execução era uma obrigação patriótica.   

Curiosidade

Os mais antigos hinos nacionais do mundo são o japonês e o holandês. O primeiro teve sua letra escrita no século 9, mas só foi musicado em 1860, e o segundo foi composto na segunda metade do século 16 através do National Anthems of the World Organisation.

Um dos mais famosos hinos do mundo, é o “God Save the Queen” ou “God Save the King”, entoado nos países do Reino Unido, composto por 21 versos, enquanto o hino brasileiro apresenta 50 versos. Como várias palavras não fazem mais parte do repertório médio da população, o que dificulta sua compreensão e memorização, muitos brasileiros não conhecem na íntegra a letra do hino nacional brasileiro.     

A letra do hino nacional do Brasil foi escrita por Joaquim Osório Duque Estrada (1870 – 1927) e a música é de Francisco Manuel da Silva (1795-1865). Tornou-se oficial no dia 1 de setembro de 1971, através da lei nº 5700.

Existe uma série de regras que devem ser seguidas no momento da execução do hino. Deve ser executado em continência à Bandeira Nacional, ao presidente da República, ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso Nacional. É executado em determinadas situações, entre elas: cerimônias religiosas de cunho patriótico, sessões cívicas e eventos esportivos internacionais. No dia 13 de abril é comemorado o Dia do Hino Nacional.  


Letra do Hino Nacional Brasileiro
I
OUVIRAM DO IPIRANGA AS MARGENS PLÁCIDAS
DE UM POVO HERÓICO O BRADO RETUMBANTE,
E O SOL DA LIBERDADE, EM RAIOS FÚLGIDOS,,
BRILHOU NO CÉU DA PÁTRIA NESSE INSTANTE.
SE O PENHOR DESSA IGUALDADE
CONSEGUIMOS CONQUISTAR COM BRAÇO FORTE,
EM TEU SEIO, Ó LIBERDADE,
DESAFIA O NOSSO PEITO A PRÓPRIA MORTE!

Ó PÁTRIA AMADA,
IDOLATRADA,
SALVE! SALVE!

BRASIL, UM SONHO INTENSO, UM RAIO VÍVIDO
DE AMOR E DE ESPERANÇA À TERRA DESCE,
SE EM TEU FORMOSO CÉU, RISONHO E LÍMPIDO,
A IMAGEM DO CRUZEIRO RESPLANDECE.
GIGANTE PELA PRÓPRIA NATUREZA,
ÉS BELO, ÉS FORTE, IMPÁVIDO COLOSSO,
E O TEU FUTURO ESPELHA ESSA GRANDEZA.

TERRA ADORADA,
ENTRE OUTRAS MIL,
ÉS TU,BRASIL,
Ó PÁTRIA AMADA!
DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,
PÁTRIA AMADA,
BRASIL!

II
DEITADO ETERNAMENTE EM BERÇO ESPLÊNDIDO,
AO SOM DO MAR E À LUZ DO CÉU PROFUNDO,
FULGURAS, Ó BRASIL, FLORÃO DA AMÉRICA,
ILUMINADO AO SOL DO NOVO MUNDO!
DO QUE A TERRA MAIS GARRIDA,
TEUS RISONHOS, LINDOS CAMPOS TÊM MAIS FLORES;
"NOSSOS BOSQUES TEM MAIS VIDA,"
"NOSSA VIDA" NO TEU SEIO "MAIS AMORES".

Ó PÁTRIA AMADA,
IDOLATRADA,
SALVE! SALVE!.

BRASIL, DE AMOR ETERNO SEJA SÍMBOLO
O LÁBARO QUE OSTENTAS ESTRELADO,
E DIGA O VERDE-LOURO DESSA FLÂMULA
-PAZ NO FUTURO E GLÓRIA NO PASSADO.
MAS, SE ERGUES DA JUSTIÇA A CLAVA FORTE,
VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA,
NEM TEME, QUEM TE ADORA, A PRÓPRIA MORTE.

TERRA ADORADA,
ENTRE OUTRAS MIL,
ÉS TU, BRASIL,
Ó PÁTRIA AMADA!
DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,
PÁTRIA AMADA,
BRASIL!

Vocabulário (Glossário)

Plácidas: calmas, tranqüilas
Ipiranga: Rio onde às margens D.PedroI proclamou a Independência do Brasil em 7 de setembro de 1822
Brado: Grito
Retumbante: som que se espalha com barulho
Fúlgido: que brilha, cintilante
Penhor: garantia
Idolatrada: Cultuada, amada
Vívido: intenso
Formoso: lindo, belo
Límpido: puro, que não está poluído
Cruzeiro: Constelação (estrelas) do Cruzeiro do Sul
Resplandece: que brilha, iluminidada
Impávido: corajoso
Colosso: grande
Espelha: reflete
Gentil: Generoso, acolhedor
Fulguras: Brilhas, desponta com importância
Florão: flor de ouro
Garrida: Florida, enfeitada com flores
Idolatrada: Cultivada, amada acima de tudo
Lábaro: bandeira
Ostentas: Mostras com orgulho
Flâmula: Bandeira
Clava: arma primitiva de guerra, tacape

Bom feriado de 7 de setembro!
 

VEJA TAMBÉM

ENQUETE

Em meio a cenário econômico negativo, qual a sua expectativa para o próximo mandato da presidente reeleita Dilma Rousseff?
Boa
Regular
Ruim
Indiferente
Banner